“Forró Patrimônio Cultural
Genuinamente Brasileiro”

Gastronomia

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

12 Comidas típicas do nordeste pra você aproveitar sua viagemGastronomia 

As comidas típicas do Nordeste sem dúvida figuram entre as melhores do Brasil. A gastronomia costuma ser inesquecível por diversos motivos, entre eles os temperos marcantes e a experiência única para quem prova. Pensando nisso, preparamos a seguir uma lista com os pratos que você precisa experimentar em sua próxima viagem ao Nordeste do nosso país!

Comidas típicas do Nordeste

A região nordeste é formada pelos seguintes estados brasileiros: Sergipe (SE), Ceará (CE), Paraíba (PB), Alagoas (AL), Rio Grande do Norte (RN), Pernambuco (PE), Maranhão (MA), Bahia (BA) e Piauí (PI). Confira algumas das principais comidas que você vai encontrar quando visitar esses lugares:

Tapioca

A tapioca é umas das iguarias mais famosas da região norte e nordeste do Brasil. Ela pode ser consumida com ou sem manteiga, com coco e também com outros recheios como frango, queijo e atum. Há algumas opções que são doces, acrescentando chocolate, doce de leite…

Acarajé

O acarajé tem origem africana e é um bolinho frito no azeite de dendê, feito com feijão fradinho, sal, alho, gengibre, cebola e recheado com camarão. É muito consumido no estado da Bahia! Se por lá te perguntarem se você prefere “quente ou frio” na verdade é referente ao nível de pimenta. Quanto mais “quente” mais apimentado será o seu acarajé.

Vatapá

O vatapá é um creme feito com farinha de rosca ou fubá, castanha de caju, pimenta, leite de coco, amendoim, pão, azeite de dendê e camarão. Ele as vezes é servido com arroz ou também pode combinar como recheio para o Acarajé.

Moqueca

A moqueca é um cozido de peixe, encontrado especialmente nos estados da Bahia, Pará, Amazonas e Espírito Santo, com variações regionais significativas.

Em geral, a moqueca é um prato preparado em uma panela de barro e consiste em peixe cozinho (pode ser cação) com outros frutos do mar como camarão, além de temperos. Entre eles, está o leite de coco e o azeite de dendê.

Uma boa ideia é combinar com o pirão, que é feito com o caldo do cozimento do peixe misturado com farinha de mandioca.

Ilha de Boipeba

Buchada de Bode

No nordeste, a buchada é feito com as entranhas do bode, no caso rins, fígado e vísceras brancas (tripas). Elas são lavadas, fervidas, cortadas, temperadas e cozidas em bolsas que geralmente são feitas com o próprio estômago do animal. Recebe este nome porque supostamente é feita de bode. Ainda assim, é possível encontrar buchadas preparadas com vísceras de carneiro ou até mesmo boi.

Baião de Dois

O baião de dois é um prato feito de arroz, feijão, carne seca e queijo coalho. Há quem diga que a origem do nome é pela dança típica nordestina, o baião. Ele também ganhou popularidade com a música “Baião de Dois”, em parceria com o compositor cearense Humberto Teixeira e o pernambucano Luiz Gonzaga, o rei do baião!

Foto: Zé Carlos Barretta/Folhapress

Cuscuz

O cuscuz é um prato de origem africana que é muito consumido no nordeste e na região norte do país. Ele pode ser feito à base de farinha ou polvilho, milho, arroz ou mandioca. No nordeste é comumente consumido nas três principais refeições do dia, podendo ser o prato principal do café da manhã e jantar. A preferência é ir acompanhado de manteiga, leite, ovos ou carne de charque.

Caranguejo

O caranguejo é muito famoso no Ceará, tendo até um dia especial para o consumo: a quinta-feira. Ele pode ser servido sozinho ou acompanhado por siri, camarão, ostras e outros frutos do mar. As vezes vai também com arroz, palmito, leite de coco, farofa e outras combinações. No Maranhão, o caranguejo costuma ser servido com molhos à base de tomate ou coco.

Paçoca de carne

A paçoca de carne é feita com farinha de mandioca, cebola e carne seca moída. Pode ser consumida junto com o baião de dois. Para se ter o sabor original da receita nordestina um dos segredos é socar no pilão.

Caruru

O caruru é um cozido que tem como base o quiabo, e é servido acompanhado de pedaços de carne, frango ou peixe, camarões secos, azeite de dendê e pimenta. Os temperos são misturados à farinha de mandioca e caldo.

Carne de sol

A carne de sol é muito típica do nordeste brasileiro, e também é chamada de carne de vento e carne do sertão. Apesar do nome, não há exposição aos raios solares. O que acontece na verdade é que antigamente ela era ligeiramente salgada e colocada para secar ao sol. Essa técnica foi aprimorada e hoje em dia ela é seca em local coberto e ventilado.

A tradição pede que a carne de sol seja assada e servida com queijo coalho.

Panelada

A panelada é um prato típico do nordeste brasileiro que é composto principalmente por bucho e tripas de boi, mas pode levar outras partes do animal. É um prato pesado semelhante a dobradinha, preparado com tempero forte com pimenta, cheiro verde, alho, sal, pimentão e tomates.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Ir para o topo